• Correio Braziliense, Brasília
     Maculelê, capoeira e samba de mestre Gato
    23 de março, 1969

    Imagem

    • Leia abaixo!

    Correio Braziliense

    O texto

    • página 1

      -

      Maculelê, capoeira e samba de mestre Gato
      Correio Braziliense, Brasília
      23 de março, 1969

      Mestre Gato e seu filho Gato II numa exibição de capoeira. (Foto de Teobaldo Santos, especial para o „CB“.)

      Mestre Gato, conhecido capoeirista de Salvador, Bahia, encontra-se em Brasília, com seu conjunto folclórico, representando a „Bahia de Todos os Deuses“, e se tem exibido por diversas vêzes, oferendo ao público números de capoeira, macolêlê, samba de roda e capoeira no samba. Professor da arte que remonta aos tempos de escravatura, Mestre Gato mantém em Salvador a Academia de Capoeira Angola, ensinando a um grupo de 60 môças: ao todo são 250 alunos, entre êsses, americanos, franceses, alemães. Ensina também na Escola de Dança da Universidade da Bahia e a um grupo de crianças, na Escolinha de Artes Plásticas. A universidade de Brasília propos a Mestre Gato sua contratação para ensinar a capoeira. A FAUNE declarou que nesse sentido, está fazendo gestões junto ao conhecido artista bahiano, devendo proceder à sua contratação no segundo semestre dêste ano, com um ordenado entre 900 a 1,200 cruzeiros novos. Mestre Gato (José Gabriel Góes) está quase decidido a trocar a Bahia por Brasília, em caráter definitivo. Contudo, ainda não deu sua palavra final sôbre o assunto. Hoje, no Teatro Martins Penna, às 21 horas, Mestre Gato e seu conjunto, composto de sete elementos, entre êles: Almir Barros, conhecido por Tião do Pandeiro; Sinésio Souza Góes, o „Gatinho“ [Gato II], fará sua última exibição.

      Mestre Gato representou o Brasil no Festival de Arte Negra de Dacar, na Africa, onde obteve para o nosso país o 1o prêmio. José da Silva Góes [José Gabriel Góes], um dos maiores capoeiristas do Brasil, aprendeu sua arte com o famoso mestre Vicente Ferreira Bastinho [Pastinha], mas desde criança demonstrou sua vocação, e foi com a idade de 8 anos que ganhou o apelido de „Gato“, por sua habilidade e artimanhas. Mestre Gato é considerado por muitos o Papa da Capoeira na Bahia.

      O programa que será levado a efeito hoje no Martins Penna consta de três partes: Samba de Roda, Demonstração de pandeiro, Maculelê e Capoeira.



    O local do evento

    Teatro Martins Penna


Flickr Fotos

    Atualizações do blog direto a seu inbox

    Back to Top